Pular para o conteúdo principal

Mudança de peso com a mudança de país

Olá pessoas. Vejo que quando o pessoal se muda para um novo país o peso acaba mudando de alguma forma. Vi casos que a pessoa emagreceu...principalmente porque começou a fazer tudo andando ou mesmo de bike (aumentou a atividade física ) - como é o caso do meu marido que vai e volta para o serviço de bike (ou seja, 15 km andando de bike quase TODOS os dias), além de 1 vez na semana dar aula de Capoeira para 2 turmas (durante 3 horas seguidas).

Agora.....muitas pessoas (COMO EU) engordam!!!!!!

Eu tenho engordado desde que cheguei e foi por várias razões.

Inicialmente eu estava perdida e nem sabia o que comer, onde comer, etc.

Depois veio a parte de EXPERIMENTAR tudo o que eu via.

Vim na época do inverno e a fome veio com tudo.

Em seguida juntou tudo e ANSIEDADE enorme por toda a mudança e a questão de não achar emprego.

A ANSIEDADE e estado DEPRESSIVO (não era depressão) batia e a comida me confortava.

Foi virando uma BOLA DE NEVE enorme e eu ganhava em média 1 kg por mês e de forma progressiva eu engordei 10 quilos.

Pronto! Eu toda ansiosa, com a comida como uma das maiores fontes de conforto e de prazer e com excesso de peso. A auto estima cai além do nível do chão e isso somente piora o ciclo de compulsão alimentar.

Digamos que estou na fase da luta contra a balança e ainda estou em GUERRA com essa relação com a comida. Consigo emagrecer até um ponto...depois desanimo e recupero TODO o peso e mais um pouco. Aí me desespero e tento começar TUDO de novo e assim por diante.

É...casa de ferreiro e o espeto é de pau!!!!

Coisas que fiz e que acho que dão certo, mas ainda estou na fase de descobertas de novas saídas:
- Comece a usar um site ou app que registre seu gasto de energia e seu consumo de energia (eu tenho gostado muito do Cronometer)
- Faça exercício. Não sou uma pessoa que adora ir na academia, mas eu tenho me empurrado. Descobri que o melhor horário para eu ir é no período da manhã nos meus dias off e logo após que eu saio do serviço. Descubra o horário que "faz" com que você vá! E estabeleça uma quantidade de calorias para queimar (eu estipulei 300 kcal - caminhada, corrida, elliptical).
- Não tenha porcaria em casa.
- Mastigue BEM devagar
- Toma mais água (sabia que as vezes eu corpo sente falta de algo e pode ser água e NÃO comida? Claro que sentindo "falta" de algo a gente corre pra geladeira/armário)
- Procure comer carboidrato de baixo Indice Glicemico
- Coma alimentos integrais
- Evite se boicotar
- Saiba falar NÃO quando te oferecerem alimentos ricos em calorias

Hoje dia dos namorados aqui e eu comi como uma "porca" ontem...tudo o que eu tinha direito. Na verdade essa semana INTEIRA fiz isso e recuperei MUITOS quilos (na verdade tudo e mais um pouco).  Estou fazendo DE TUDO para me motivar e atingir meu objetivo e espero ajudar as outras pessoas.

Atualização da situação após meses (fev até junho):

Hoje em dia (após praticamente 1 ano e meio morando em Dublin) eu posso dizer que o EMOCIONAL me influenciou TOTALMENTE. Inclusive no PESO.

Após brigas violentas com a balança eu GANHEI e sabe como? Primeiramente REAGINDO!
Estou mais calma, menos ansiosa, tento relaxar o máximo possível, tento me "divertir" no serviço, realizo atividades que me dão prazer (como assistir filmes, séries, desenhar, etc), coloquei o exercicio como rotina (vou algumas vezes na semana) - e com meta de queima de 500 calorias queimadas em cada dia que compareço à academia.
MUDAMOS para OUTRO país, nossa família e amigos estão quilometros LONGE, nos inserimos numa cultura diferente....e tive que aprender que TUDO TEM SEU TEMPO. Então dando tempo ao tempo os nervos se acalmam e a gente consegue se centrar em si. Tudo tem seu momento e sua hora....e muitas vezes não temos controle sobre isso. SE você correr atrás e plantar...você irá colher...talvez não no momento em que você acha que deveria colher....mas no momento CERTO.

Ao meu ver isso é essencial....você adquirir PACIÊNCIA! E tentar curtir CADA momento e CADA pequena conquista de um recomeço.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reconhecimento de nutricionista na Irlanda

Olá pessoas, Hoje recebi a notícia que finalmente sou considerada Dietitian na Irlanda. Aqui é diferente do Brasil. No Brasil ter um diploma de Bacharel em Nutrição bastaria para você atuar em qualquer area escolhida. Aqui na Irlanda para você ser considerada uma nutricionista cliclín tem requisitos. Eu estou tentando o reconhecimento desde que cheguei em 2014. Na época o reconhecimento era feito pelo Departamento de Saúde. Eu enviei uma caixa (sim! Uma caixa de documentos em português e traduzido). Dentre os documentos se encontravam meus diplomas: bacharelado em Nutrição, Especialização em Nutrição Clínica, Mestrado e Doutorado em Alimentos e Nutrição e TODAS as ementas de cada uma das matérias feitas de todos os cursos. Haja papel! Só o formulário dava mais se 20 páginas depois de preenchido. Além disso eu tive que ser entrevistada por uma banca de dietitians. Acha que basta???? NÃO! Depois de passar por tudo isso...o processo de reconhecimento MUDA e o orgao

Creche na Irlanda - é de graça?

Olá pessoas! Não paro de me desculpar pela ausência. Mas é bem difícil administrar casa, bebê, trabalho, e blog. Depois de meu baby nascer eu comecei a me interessar e mergulhar no mundo infantil da Irlanda. E um dos assuntos que tenho pesquisado é CRECHE. Quando eu engravidei eu trabalhava full time (tempo integral) e cada dia e semana eu trabalhava em horários diferentes. Ou seja, não tinha uma rotina! Como iria fazer com bebê em casa? Meu marido também trabalha full time e em horários "loucos". Confesso que fiquei desesperada! Afinal, só o salário do meu marido não pagaria todas as contas. Então comecei a procurar as creches mais perto de casa e fui visitá-las. Não tinha ideia do preço, nem de horário de funcionamento, nem das estruturas da creche e muito menos das atividades e peculiaridades. Tem muitas creches onde eu moro, mesmo sendo uma cidade pequena. Não é de se espantar, já que o que não falta nesta Irlanda é crianças!!!! Fiquei assustada co

Como não gastar muito no enxoval do bebê na Irlanda

Olá pessoas, Acredito não ter mencionado em post anterior, mas estamos esperando nossas segunda filha. Para ser exata essa semana estamos com 32 semanas. A cesaria esta agendada para dia 26 de setembro e até lá o enxoval tem que estar pronto não? Entao, como não gastar muito e deixar tudo pronto? Aqui na Irlanda mercado de produtos usados é bem forte. Tem coisas muito boas com preço muito em conta. E onde pode-se comprar produtos usados ou mesmo conseguir doacao? Adverts.ie Donedeal.ie Marketplace no Facebook Comunidades de mães brasileiras na Irlanda no Facebook Amigas Além de produtos usados há muitas coisas boas que são doadas e nesses mesmos canais onde se compra produtos usados. Além disso, converse com as amigas que tem filhos sobre o que você precisa. Muitas podem te doar, vender ou emprestar. Deixe eu exemplificar, eu queria muito nos primeiro meses dessa segunda bebê usar o berço que meio que se acopla na cama (no caso o berço se chama Nex