Pular para o conteúdo principal

Procurando emprego

Olá pessoas,

Eu cheguei faz 5 semanas, mas marido e eu estamos na correria. Gostaria de escrever com mais frequencia aqui, mas não estou conseguindo.

Aqui parece que o tempo corre por demais rápido.

Confesso que as 2 primeiras semanas eu fiquei meio depressiva....

Pare para pensar: saí da minha zona de conforto, estou inserida numa cultura diferente, não conheço ninguém, estou gastando em euro, cansava a cabeça eu ouvir e as vezes falar inglês e desempregada.

Meu estado emocional ficou meio doidinho....as vezes ficava triste, as vezes revoltada.

Eu sou bem agitada e NÃO gosto de ficar parada.

Na primeira semana eu já comecei a sair correndo atrás de emprego, mas na hora de fazer o CV eu percebi que não tinha experiências em sub-empregos, que é o que mais se tem por aqui.

"Pronto! Lascou....ferrou...não vou conseguir nada"

Na verdade NÃO tenho objetivo de conseguir e permanecer no sub-emprego, já que pretendo morar aqui. Mas....eu queria começar a trabalhar, treinar meu inglês e começar a ter experiência em companhia irlandesa.

Queridas pessoas que estão lendo agora....o Q.I. é por demais importante no mundo INTEIRO...inclusive aqui. Lembre-se disso!

As pessoas que eu fui conhecendo falaram que eu tinha que mentir no CV....tentei insistir no meu CV sem experiência...mas NADA....no desespero fiz a c*gada de fazer isso...e perdi a noção.

Fiz isso porque NÃO tinha perspectiva de que conseguiria emprego com meu CV e não conhecia ninguém e, portanto, não tinha Q.I. Não tem desculpas...

Mas veio uma "luz" e me iluminou...

Um dia eu estava numa biblioteca, pois fui fazer curso inglês de graça (conto num proximo post sobre cursos de graça) e tinha uma mesa com uma placa escrita JOBCARE. (Já tinha tentado fazer o curso deles antes e disseram que eu NÃO poderia fazer o curso, pois não estava recebendo benefício social do governo.)
O JOBCARE é uma instituição do governo que dá cursos voltados para te preparar a procurar emprego e conseguir emprego.

"Como assim?"

Eles tem vários tipos de cursos e um deles, que é o que eu estou fazendo, tem a duração de 3 semanas (segunda a quinta, 10:00 as 13:00) e ensinam questões relacionadas a elaboração de CV, cover letter e até a respeito de entrevista (tem até uma simulação de entrevista). Vou fazer o curso e irão me PAGAR 60 euros. Olha...o curso é tão bom que eu é que pagaria para fazer o curso.

Aprendi que com as experiências de serviço que tenho posso trabalhar em diversas áreas aqui, pois consigo (sem inventar uma vírgula) direcionar o meu curriculo para vagas específicas de emprego ou mesmo para áreas específicas que quero trabalhar.

Dica: evite mentir no seu CV! Use as experiência reais que você tem a seu favor.

Como eu não conseguia visualizar o tipo de emprego que eu queria eu não conseguia fazer um CV decente....eu estava tentando dar tiro para tudo quanto é lado e NÃO acertava NADA.

PARE e pense que tipo de emprego que você conseguiria utilizar as habilidades que você tem ou desenvolveu?

Aqui deixo uns sites para que você procure empregos:
www.jobs.ie
www.gumtree.ie
www.indeed.ie
www.monster.ie
www.irishjobs.ie
www.glassdoor.ie
www.findajob.ie
www.jobs.donedeal.ie
www.dole.ie

Dica 1: Achou alguns empregos que te interessou? Fique atento na data em que essa vaga foi postada (se já faz 20 dias ou mais...a chance de ter sido preenchida a vaga é grande, não acha?) e nos requerimentos que eles pedem.

Dica 2: Ok! O emprego é recente e parece ser legal, mas você olhou a carga horária que eles pedem? Se você é estudante não pode ser mais do que 20 horas por semanas, ou seja, você somente pode emprego considerado meio periodo (part time) e NÃO full time.

Dica 3: Achou um emprego que parece ser legal...mas não sabe exatamente quais são as responsabilidades e as funções? Procure saber. Pesquise na internet sobre o cargo...o que geralmente pessoas com esse cargo fazem.

Dica 4: Passe no local ou ligue para mais informações, pois demonstrará interesse. Após mandar o CV deixe passar uns dias e ligue para confirmar se eles receberam o CV, pois pode chamar a atenção deles (claro que você NÃO vai ligar se eles deixarem claro que eles não querem que faça contato por telefone). Tenho um exemplo vivo de um dos colegas de curso: o cara ligou antes de enviar o CV para fazer umas perguntas e eles começaram a fazer entrevista com ele pelo telefone. Gostaram e marcaram entrevista por skype (pois era uma empresa de outro país da europa que estava abrindo uma filial em Dublin) e novamente gostaram dele. Foi contratado! Não custa nada tentar, não?

Eu vou num próximo post comentar sobre como elaborar CV, cover letter e tudo o que aprendi até o momento (claro que de forma resumida).

Dica: Após elaborar seu CV procure agências de recrutamento (Recruitment Agency), deixe seu CV e fale a área de emprego que você está procurando.

Algumas agências que vale a pena procurar:

http://www.cpl.ie/home/contact-us/
https://flexsource.ie/
http://www.brightwater.ie/
http://www.abrivia.ie/
http://www.firstaff.ie/
http://www.sigmarrecruitment.com/
http://www.edenrecruitment.ie/
http://www.noel.ie/
http://www.approachpeople.com/ireland/
http://www.hays.ie


Deixe terminar por aqui que esse post ficou ENORME! Espero ter ajudado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reconhecimento de nutricionista na Irlanda

Olá pessoas, Hoje recebi a notícia que finalmente sou considerada Dietitian na Irlanda. Aqui é diferente do Brasil. No Brasil ter um diploma de Bacharel em Nutrição bastaria para você atuar em qualquer area escolhida. Aqui na Irlanda para você ser considerada uma nutricionista cliclín tem requisitos. Eu estou tentando o reconhecimento desde que cheguei em 2014. Na época o reconhecimento era feito pelo Departamento de Saúde. Eu enviei uma caixa (sim! Uma caixa de documentos em português e traduzido). Dentre os documentos se encontravam meus diplomas: bacharelado em Nutrição, Especialização em Nutrição Clínica, Mestrado e Doutorado em Alimentos e Nutrição e TODAS as ementas de cada uma das matérias feitas de todos os cursos. Haja papel! Só o formulário dava mais se 20 páginas depois de preenchido. Além disso eu tive que ser entrevistada por uma banca de dietitians. Acha que basta???? NÃO! Depois de passar por tudo isso...o processo de reconhecimento MUDA e o orgao

Creche na Irlanda - é de graça?

Olá pessoas! Não paro de me desculpar pela ausência. Mas é bem difícil administrar casa, bebê, trabalho, e blog. Depois de meu baby nascer eu comecei a me interessar e mergulhar no mundo infantil da Irlanda. E um dos assuntos que tenho pesquisado é CRECHE. Quando eu engravidei eu trabalhava full time (tempo integral) e cada dia e semana eu trabalhava em horários diferentes. Ou seja, não tinha uma rotina! Como iria fazer com bebê em casa? Meu marido também trabalha full time e em horários "loucos". Confesso que fiquei desesperada! Afinal, só o salário do meu marido não pagaria todas as contas. Então comecei a procurar as creches mais perto de casa e fui visitá-las. Não tinha ideia do preço, nem de horário de funcionamento, nem das estruturas da creche e muito menos das atividades e peculiaridades. Tem muitas creches onde eu moro, mesmo sendo uma cidade pequena. Não é de se espantar, já que o que não falta nesta Irlanda é crianças!!!! Fiquei assustada co

Como não gastar muito no enxoval do bebê na Irlanda

Olá pessoas, Acredito não ter mencionado em post anterior, mas estamos esperando nossas segunda filha. Para ser exata essa semana estamos com 32 semanas. A cesaria esta agendada para dia 26 de setembro e até lá o enxoval tem que estar pronto não? Entao, como não gastar muito e deixar tudo pronto? Aqui na Irlanda mercado de produtos usados é bem forte. Tem coisas muito boas com preço muito em conta. E onde pode-se comprar produtos usados ou mesmo conseguir doacao? Adverts.ie Donedeal.ie Marketplace no Facebook Comunidades de mães brasileiras na Irlanda no Facebook Amigas Além de produtos usados há muitas coisas boas que são doadas e nesses mesmos canais onde se compra produtos usados. Além disso, converse com as amigas que tem filhos sobre o que você precisa. Muitas podem te doar, vender ou emprestar. Deixe eu exemplificar, eu queria muito nos primeiro meses dessa segunda bebê usar o berço que meio que se acopla na cama (no caso o berço se chama Nex